quarta-feira, junho 25, 2008

Dia primeiro

Em janeiro de 1922, os Batutas estréiam
No cabaré Sheherazade de Paris.
Com China e toda rapaziada.
Nesse ritmo do bom, em clima de rapé.
Escute aqui, Leonor
Os sussurros que eu lhe dei,
Que aos teus ouvidos,
Querem dominar,
Desculpe pela impureza, pela crueldade,
E toda ousadia.
Escute aqui, Leonor
Seu sorriso, de mulher formosa
Esse seu jeito todo dengosa
Traga para aqui um pouco do seu beijo.
Perdão, Leonor, se manchei seus lábios.
Perdão, Leonor, para um desaforado.
Se vou ser preso por te roubar, se plagiei por querer
Eu quero mesmo é ficar com você.

Um comentário:

Lizzie disse...

Poema bem confeccionado, bastante lúcido.

Beijos
www.lizziepohlmann.com