quinta-feira, julho 04, 2019

o quê?

O quê?

Não ter medo de livro nenhum
Que pretenda assustar.
O silêncio não existe mais
Na mansidão que é a vida.
Quanto mais escurece,
Mais penso em gritar.
Sinta a beleza de ser humano
Até pelo menos amanhã.
Quem sabe?
Eu nunca soube falar meu nome.

Nenhum comentário: