terça-feira, novembro 30, 2010

largo ou 60 batidas por minuto

Um dia eu largo de tudo
e não tenho mais lamento
sigo com o punho cerrado
mente e alma fechadas
que vazam entre calçadas.

Um dia eu largo de tudo
meu corpo é duro
sinto muito,
mas não devia
te esquecer

Um dia eu largo de tudo
Não há mais dor imensa,
vou abraçar seu beijo
sei que vou sozinho
tenho muito o que aprender.

O que eu quero saber,
é dentro do calor.
o corpo corre,
eu sinto muito
e vou correr pelo nosso amor

Nenhum comentário: